Horário de Atendimento: Segunda das 10:00 às 19:00 | Terça à Sexta das 08:00 às 17:00
Telefone: (13) 3445-6100

História de Mongaguá

MONGAGUÁ é um município do estado de São Paulo, na Região Metropolitana da Baixada Santista. A população recenseada em 2010 era de 46 310 habitantes e a área é de 137 km², o que resulta numa densidade demográfica de 323,45 hab/km².
 
 
História
 
Tornou-se município em 7 dezembro de 1959, quando se emancipou de Itanhaém.
 
Nome Histórico: No século XVI, os primeiros habitantes de Mongaguá foram os índios Tupi-Guarani que habitavam em suas tendas às margens dos rios Mongaguá e Iguapeú, onde a pescaria era farta. O nome de Mongaguá foi dados pelos índios, que quer dizer: "Água Pegajosa". Mongaguá já teve outros nomes como: Terra dos Santos dos Milagres e Terra dos Padres.
 
 
Estância balneária
 
Mongaguá é um dos 15 municípios paulistas considerados estâncias balneárias pelo Estado de São Paulo, por cumprirem determinados pré-requisitos definidos por Lei Estadual. Tal status garante a esses municípios uma verba maior por parte do Estado para a promoção do turismo regional. Também, o município adquire o direito de agregar junto a seu nome o título de Estância Balneária, termo pelo qual passa a ser designado tanto pelo expediente municipal oficial quanto pelas referências estaduais. O nome do município origina-se da denominação dada pelos indígenas que na região viviam e batizaram o local de Mongaguá - que em tupi significa "Águas Pegajosas". Pela proximidade da Serra do Mar junto ao Oceano Atlântico, a cidade registrava grande quantidade de chuvas.
 
 
Dados do Censo - 2000
 
População total: 35 098
Urbana: 34 942
Rural: 156
Homens: 17 996
Mulheres: 17 102
Densidade demográfica (hab./km²): 256,19
Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 17,53
Expectativa de vida (anos): 70,36
Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,85
Taxa de alfabetização: 92,64%
Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,783
IDH-M Renda: 0,729
IDH-M Longevidade: 0,756
IDH-M Educação: 0,865
(Fonte: IPEADATA)